Amei-te sem te conhecer

Amei-te sem te conhecer

“Amei-te sem te conhecer
Amei-te sem ao menos saber como tu eras
Apenas foi o meu coração que te escolheu
Que assim o quis e resolveu silente
Sem rosto e sem espelho mas amante
Apenas por uma voz e com toda a alma
Poderias ser um alienado ou farsante
Alto ou baixo, desigual ou talvez doente
Porém para o meu amor era indiferente
Não deixarias de ser quem eu já amava
O meu amor contigo de espirito presente
Mentalmente depois do meu coração ciente
Apenas por este amor e por te amar somente
Sem ter em conta o aspecto exterior da gente
Nem qualquer outro valor consequente
Um amor sem condições, peias ou indecisões
Livre, solto e amante que seja real e presente.
Amor de alma e coração perene e ardente.”

((Catarina Pinto Bastos))

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s